siga por Email!

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

De volta para o futuro da capoeira...!!

Salve camaradas e amigos da grande roda da vida!!
Estamos no limiar de um novo ano e acredito que tenhamos, todos nós, que nos organizar para viver os novos ares que se anunciam no front da humanidade nesses novos dias que amanhecem em nossa frente...
Confesso a vocês que o segundo semestre de 2011 foi muito complicado para mim em termos de produção, tanto aqui no blog quanto na minha vida profissional e capoeiristica...
Os novos conceitos que passamos a incorporar em nosso dia-dia, entre eles "diversidade", "sustentabilidade", "empreendedorismo" e outros, são velhos conhecidos dos capoeiristas a maioria deles...
Por exemplo, empreendedorismo sempre foi uma das vocações e exigências que as condições de produção de eventos, ou mesmo a produção de CD's, DVD's, sites, a instalação em novos espaços, a criação de novos turmas, para novos públicos, enfim, o capoeirista sempre foi exigido na sua faceta de ter capacidade de criar novas coisas, como condição para sua sobrevivência no mercado da arte e, com isso, inúmeros camaradas foram levados para o exterior, além de outras cidades e regiões, longe da sua própria origem.
Os capoeiristas se tornam pessoas obstinadas avançando pelo mundo na sua missão de divulgar e ensinar a sua arte secular, a capoeira...
O idealismo é o motor do coração capoeirista... sempre foi e sempre será!
Nesses dias em que tudo parece levar os esportes para os ringues, os verdadeiros capoeiristas, de alma, sabem que é hora de ter cuidado com a sua identidade e não abrir mão dela. Nem ceder às pressões que o mercado impõe, a moda dos mma's da vez... Sabe ele que o mais importante é ter a consciência holística do que é a capoeira, sua arte, sua vida dedicada a um aprendizado que vai muito além da "luta corporal", pois a verdadeira batalha é muito mais que isso. É invisível. É injusta. É fria como aço inoxidável das verdades das prateleiras da moda. A Capoeira é mais. Sempre foi mais que isso!
O capoeira é um guerreiro, sem dúvida!
Principalmente é dotado da estratégia do guerreiro, não um guerreiro cego por sua paixão e por sua emoção desavisada que se atira na frente do trem dos mercadores, ávidos por estabelecer a hegemonia frente às consciências e aos valores da humanidade.
Não julga pelo lado mais fácil, que seria simplesmente aderir. É comedido. É cauteloso. Sabe que é hora de fazer como o velho marinheiro e "durante o nevoeiro, leva o barco devagar".
É desses guerreiros que a capoeira é feita: daqueles que sabem que mais importante do que um momento propício a um oportunismo qualquer, é importante preservar as raízes e lançar no solo as sementes da tradição, quando as primeiras gotas de chuva começam a cair no verão de nosso sonho.
E é esse o momento onde mais se revela a competencia de que é empreendedor, inovador e criativo, algo que a capoeira nos induz o tempo todo a aprender...
Saber gingar com as adversidades, essa a mais importante sabedoria que a capoeira nos ensina!
Yêh, dá volta ao mundo, camará!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário